Roteirista comenta diferenças entre o Oldboy americano e o coreano

Leandro de Barros

  quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Roteirista comenta diferenças entre o Oldboy americano e o coreano

Mark Protosevich explica a diferença de abordagem entre a versão americana e a coreana de Oldboy

Oldboy

No fim desse mês, o polêmico Oldboy chegará aos cinemas. Se não bastasse o filme já possuir controvérsias o suficiente dentro da sua trama, ele ainda conta com um ingrediente extra de polêmica: dirigido por Spike Lee, o longa sofrerá comparações inevitáveis com a versão coreana do mesmo filme, dirigida por Park Chan-wook em 2003.

Nós já falamos sobre essa situação por aqui, a atriz Elizabeth Olsen já falou ao explicar que a versão norte-americana é inspirada no mangá de Oldboy e não no filme coreano, mas a comparação será inevitável. Aliás, já é.

Durante uma sessão de exibição do filme para a imprensa nos EUA, Samuel L. Jackson e o roteirista Mark Protosevich comentaram as diferenças entre as duas versões cinematográficas de Oldboy.

“A história central é a mesma, mas existem alguns aspectos culturais no original que eu senti que fazem muito mais sentido na sua própria cultura e eu fui muito consciente em tentar fazer o nosso filme ressoar numa perspectiva mais ocidental. Existem alguns elementos que foram muito estilizados no original e eu acho que nós queríamos fazer algo mais próximo da realidade, ou pelo menos foi a minha intenção fazer as coisas de uma forma um pouco mais direta. Assim, eu tentei capturar o espírito e a história do original, mas tentar transformá-lo em algo bem nosso. Acho que existem ideias semelhantes sendo investigadas porque é um filme sobre um personagem que passa por uma experiência muito traumática e diferente. Isso transforma-o. O filme também é sobre ser isolado, estar sozinho e o que isso faz com a sua psíque. Você desiste ou tenta sobreviver? A experiência horripilante, de certa forma, o transforma numa pessoa melhor”, explicou o roteirista

Samuel L. Jackson também explicou como seu personagem difere do mesmo personagem na versão coreana:

Existem muitas coisas que são diferentes e muitas coisas que são semelhantes. Em tema, sim. Em execução, não tanto. Meu personagem em particular, eu queria que ele fosse interessante e meio bizarro meio que numa maneira física e comportamental, e Spike me permitiu trazer muita coisa comigo e usar a maioria delas, então eu estou bem feliz

Oldboy seguirá a história de Joe Douchett, vivido por Josh Brolin, que é capturado e mantido em cativeiro por 20 anos, sem saber o motivo. Depois de libertado, Joe começa uma jornada para tentar descobrir quem o sequestrou e porquê.

Elizabeth Olsen vive uma jovem assistente social no longa. Ao seu lado no elenco do filme, temos Samuel L. Jackson como o carcereiro do protagonista e Sharlto Copley como Adrian Pryce, um misterioso bilionário.

Com roteiros de Mark Protosevich e direção de Spike Lee, Oldboy deve estrear nos cinemas nacionais em Janeiro de 2014.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários