Reboot de Tomb Raider nos cinemas vai seguir o mesmo caminho do novo game

  Leandro de Barros  |    segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Graham King, produtor do novo longa de Tomb Raider, disse em entrevista que o filme vai seguir a linha do novo game e contar a história de Lara Croft enquanto jovem

Tomb Raider, uma das franquias mais famosas do mundo dos games, vai ganhar um novo título distribuído pela Square-Enix e desenvolvido pela Crystal Dynamics em  breve. O título deve servir como um reboot da personagem, contando a história da Lara Croft mais nova, quando ela ainda era uma aprendiz e estava dando seus primeiros passos como a Indiana Jones de saia.

Como você também já deve saber, um novo filme de Tomb Raider também vai começar a ser produzido em breve e, segundo o produtor do filme, Graham King, o longa deve seguir os mesmos passos do game.

Em entrevista ao Collider, King afirmou que espera que o filme comece a ser produzido no ano que vem e que o roteiro, que ele definiu como “realmente bom“, já está pronto. Segundo o produtor, o roteiro fala sobre as origens de Lara Croft e ainda disse que “vocês vão ver a personagem antes que ela tenha todos os seus poderes como Lara Croft. É mais como um estudo da personagem, mas é uma aventura muito, muito divertida“.

King comentou também a possibilidade de Angelina Jolie aparecer no filme, de alguma forma: “Eu não sei. Nós temos de falar sobre Tomb Rader e então veremos. Quero dizer, ela é tão maravilhosa e acabou de dirigir um filme pra mim, ‘In the Land of Blood and Honey’, que eu acho que deve estrear em 5 semanas e eu mal posso esperar para que as pessoas assistam à esse filme. Ela fez um trabalho incrível como diretora, absolutamente incrível. Talvez eu peça para ela dirigir Tomb Raider [risadas].”

O que você acha, amigo leitor? Contar a história da jovem Lara Croft é uma boa idéia? Quem pode interpretar a personagem?


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários