Por conflitos na agenda, Guillermo del Toro não será o diretor de Liga da Justiça Sombria
Jéssica Pagliai

Jéssica Pagliai
jessica.pagliai

  segunda-feira, 20 de julho de 2015

Por conflitos na agenda, Guillermo del Toro não será o diretor de Liga da Justiça Sombria

Del Toro estava ligado ao projeto desde 2012 e haviam planos de filmar o longa na mesma época das gravações de Círculo de Fogo 2

Guillermo del Toro disse ao Daily Beast que conflitos em sua agenda o impedirão de dirigir o filme da Liga da Justiça Sombria, projeto ao qual estava ligado desde 2012.

A Warner gostou do meu script. Estavam muito entusiasmados e queriam aprovar o projeto, mas as gravações seriam na mesma época das filmagens de Círculo de Fogo 2. Me colocaram em uma situação muito difícil, e eu escolhi fazer Círculo de Fogo 2

Liga da Justiça Sombria terá como personagens principais da trama John Constantine que enfrenta e caça demônios na Terra, a Zatana que é uma maga descendente de Nicolas Flamel, o Desafiador que é um fantasma com o poder de se desmaterializar e o Demônio que é um ser que, apesar de vindo do inferno, usa suas forças normalmente para o bem e seu alter-ego é Jason Blood. Nos quadrinhos, no grupo ainda existe o Monstro do Pântano, mas há o rumor da ausência do personagem.

Constantine será o personagem principal do longa e sem nenhuma relação com a série de TV, Jason Blood o Demônio será um cavaleiro de Camelot e o filme terá elementos de Demon Knights e Merlin. Ainda, provavelmente o ecoterrorista Homem Florônico deve aparecer.

E, segundo o site Deadline tanto o filme da Liga da Justiça Sombria quanto as outras adaptações para o cinema com selo Vertigo serão produzidas pelo estúdio subsidiário da Warner Bros, o New Line.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários