Ponto de Ignição vai virar animação nas mãos da DC e da Warner

  Leandro de Barros  |    quinta-feira, 26 de abril de 2012

Kevin Conroy deixa escapar que a DC e a Warner estão produzindo uma animação de Flashpoint

As animações da DC e da Warner são conhecidas pela sua qualidade técnica e por adaptar as melhores histórias da editora para o mundo animado.

A última animação lançada pela DC foi Justice League: Doom, que veio após o lançamento de Batman: Ano Um. A próxima animação deve ser Superman vs. The Elite, mas a DC e a Warner não perdem tempo e já estão planejando mais animações.

Além de O Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller, e (provavelmente) A Piada Mortal, de Alan Moore, a saga Ponto de Ignição (Flashpoint) também deve virar animação!

Quem diz é Kevin Conroy, o eterno dublador do Batman. Durante entrevista ao Comic Book Club, Conroy revelou que está trabalhando atualmente no filme animado que adaptará a saga: “Oh, eu estava, na noite passada, gravando um novo filme animado… que é mais sobre o Flash, mas o Batmana aparece também. É o Flash… Flashpoint! Flashpoint? Eu acho que é Flashpoint”, disse o dublador. Lembrando que o Batman de Flashpoint não é exatamente o mesmo Batman que todos nós conhecemos…

A DC ainda não anunciou a animação de Ponto de Ignição ainda, mas o anúncio pode acontecer nos próximos dias. Ou próximas semanas.

Em Ponto de Ignição, que a Panini está publicando no Brasil atualmente, o Flash acorda em um mundo que é o dele… embora não pareça nada com o dele. Tudo está mudado e, aparentemente, ele é o único que se lembra como as coisas deviam ser. Enquanto ninguém nunca ouviu falar no Superman, o Batman é temido por muitos, o Ciborgue é o maior herói da América e a Mulher-Maravilha entra em guerra contra o Aquaman, o Flash corre para tentar salvar o mundo.

Veja o vídeo de Conroy falando sobre o projeto (a partir dos 5:20):


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários