Percy Jackson e o Mar de Monstros surpreende nas bilheterias, mas decepciona nas críticas

Leandro de Barros

  quinta-feira, 08 de agosto de 2013

Percy Jackson e o Mar de Monstros surpreende nas bilheterias, mas decepciona nas críticas

Com $5,4 milhões de dólares nas bilheterias na sua estreia, Percy Jackson e o Mar de Monstros começa bem no gosto popular, mas não convence críticos

Percy Jackson Menina do Jogos Vorazes

Percy Jackson e o Mar de Monstros estreou ontem nos cinemas norte-americanos com uma surpresa: o resultado nas bilheterias foi maior do que o esperado pelo estúdio e pelos especialistas.

No seu primeiro dia em exibição, o longa baseado no livro (quase) homônimo de Rick Riordan lucrou cerca de $5,5 milhões de dólares, mirando em conseguir algo entre $28 e $30 milhões de dólares nos próximo cinco dias, quando os comerciais do filme começarão a passar nas TVs norte-americanas.

Com um orçamento de $90 milhões de dólares, a esperança é que Percy Jackson e o Mar de Monstros possa ter um desemprenho melhor do que o primeiro filme da série, que arrecadou cerca de $226 milhões de dólares nas bilheterias pelo mundo.

Apesar de ter começado com o pé direito nas bilheterias, o resultado nas críticas não é o mesmo. Nos dois maiores agregadores de críticas da atualidade, o Metacritic e o Rotten Tomatoes, Percy Jackson e o Mar de Monstros reúne apenas 36% e 37% de aceitação, respectivamente.

Alguns críticas são particularmente implacáveis, como a do Miami Herald, que diz que “é uma tarefa colossal escolher o personagem mais imbecil de Percy Jackson e o Mar de Monstros“, com o Las Vegas Weekly dizendo que “essa é uma franquia completamente de segunda classe”.

Se alguns críticos foram espinhosos, outros foram mais gentis, com o San Francisco Chronicle afirmando que o filme possui “uma diversão inofensiva e voltada para adolescentes” e o RogerEbert.com dizendo que “esse filme de Percy Jackson é uma iniciativa menos chamativa e com espírito mais gentil, apesar de ainda apresentar um mundo natural que pode se modificar ao capricho de um deus“.

Não custa lembrar, obviamente, que resultados ruins em agregadores de crítica não significam necessariamente que o filme é ruim e você está autorizado a gostar dele.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários