Paramount começa campanha por Transformers: A Era da Extinção no Oscar 2015

Dezembro está ainda na sua primeira metade, mas logo o ano acaba e Janeiro começa trazendo com ele os indicados aos Oscar 2015. O que isso significa? Que se você for um estúdio de cinema norte-americano, é hora de começar a fazer sua campanha para que seus filmes ganhem alguma indicação aqui ou ali na premiação da Academia.

É verdade que essas campanhas são bem úteis e rendem prêmios para filmes que talvez não mereceriam a honraria – há quem diga que o fato do diretor Tom Hooper (Os Miseráveis) ter morado em Los Angeles durante 3 meses ajudou O Discurso do Rei a vencer longas como A Origem, 127 Horas, A Rede Social, Cisne Negro, Minhas Mães e Meu Pai, Bravura Indômita, Toy Story 3, O Vencedor e Inverno da Alma em 2011.

Porém, há a chance da Paramount estar exagerando um pouco. O estúdio começou suas campanhas para o Oscar 2014 e escolheu longas como Noé, Women & Children, Interstellar, The Gambler e Selma. Até aí, tudo ótimo. Porém, a Paramount adicionou mais dois filmes nessa lista: Hercules (apenas trilha sonora) e… Transformers: A Era da Extinção.

É.

Hehe
Hehe

Fazer campanha não machuca, né? E aí, qual o filme de 2014 você acredita que terá chances no Oscar 2015?

via Paramount

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...