Para Sean Astin, Os Goonies 2 irá acontecer
Jéssica Pagliai

Jéssica Pagliai
jessica.pagliai

  quinta-feira, 01 de outubro de 2015

Para Sean Astin, Os Goonies 2 irá acontecer

Segundo o ator, o filme é perfeito para uma sequência.

Após Chris Columbus comentar durante entrevista que um dos clássicos da Sessão da Tarde, Os Goonies, estaria em estágios iniciais de desenvolvimento pela Warner Bros, um dos atores que protagonizou o filme nos anos 80, Sean Astin (da franquia O Senhor dos Aneis), também comentou sobre uma possível sequência.

Eu falei isso antes e vou falar sempre: não é uma questão de ‘se’, mas ‘quando’ a sequência será feita. A forma exata disso? Não tenho ideia. Se eu estarei? Não tenho ideia. Se eles vão querer o elenco original? Não tenho ideia. Mas isso não importa. O filme é maior do que tudo isso. É maior até o que Steven Spielberg criou. É maior do que Richard Donner, que colocou um respiro de vida muito forte dentro dele. Agora é parte da cultura americana e o estúdio tem muito a ganhar promovendo isso.

Ainda segundo Astin, apesar de alguns filmes não precisam de continuação Goonies é perfeito para uma sequência.

Eu sempre imaginei que fariam uma série animada, então você poderia fazer todo o tipo de coisa sem problemas de orçamento. Mas o público quer isso e nem sempre as pessoas estão tão erradas, às vezes elas sabem exatamente o que querem.

Os Goonies foi dirigido por Richard Donner e conta a história de um grupo de resolve organizar uma cerimônia de despedida do bairro, quando prédios do local que estão prestes a ser demolidos, o que forçará a mudança de todos os residentes. Quando descobrem um legítimo mapa do tesouro, capaz de torná-los ricos e evitar a destruição de suas casas, Os Goonies resolvem partir em uma grande aventura.

O filme foi lançado em 1985 e alem de Sean Astin, teve Josh Brolin, Corey Feldman e Jeff Cohen no elenco.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários