O remake de Oldboy pode ser ainda mais sombrio que o original segundo produtor

O produtor Roy Lee comentou com o ShockTilYouDrop sobre o vindouro remake de Oldboy, dirigido por Spike Lee (os dois não são parentes).

Originalmente, o filme é um remake de um longa homônimo dirigido por Chan-Wook Park que, por sua vez, é baseado em um manga também chamado Oldboy.

Segundo o produtor do remake, a nova versão pode ser considerada um pouco mais sombrio do que a versão coreana do filme e terá alguns novos personagens e acontecimentos para “despistar” quem já viu o longa de Chan-Wool Park.

“O novo roteiro é escrito por Mark Protosevich. É muito similar à versão coreana, mas Protosevich adicionou novos elementos que vão despistar quem já viu o filme original porque existem novos personagens e novas situações que se mostram de uma maneira que pode mudar a história, mas eventualmente o filme segue o mesmo caminho. O final deixará os espectadores – especialmente os fãs do filme original – bem felizes. Alguns podem até considerar um pouco mais sombrio” disse Roy Lee.

Uma das mudanças do filme será a cena do corredor que, segundo o produtor, “terá a assinatura de Spike Lee e ele quer fazê-la de uma maneira que nunca foi feita num filme de ação antes“.

Por fim, o produtor confirmou que as filmagens de Oldboy devem começar em março do ano que vem. Enquanto isso, Colin Firth continua em negociações para ser o vilão do filme.

Um homem (Josh Brolin) é sequestrado e preso no dia do aniversário de sua filha e mantido em cativeiro por quize anos. Após a sua libertação, ele embarca numa obsessiva missão para encontrar a razão do seu encarceramento e logo descobre que o seu sequestrador tem planos para ele mais torturantes do que o confinamento solitário.

Oldboy, dirigido por Spike Lee, ainda não tem previsão de estréia.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...