O remake de Oldboy é um “projeto artístico”, segundo Sharlto Copley

Leandro de Barros

  segunda-feira, 26 de novembro de 2012

O remake de Oldboy é um “projeto artístico”, segundo Sharlto Copley

Ator defende versão americana do filme dizendo que não se trata de um projeto inteiramente comercial

Sharlto Copley

Quando anunciaram o remake hollywoodiano de Oldboy, praticamente todo mundo reclamou, usando os argumentos de sempre: “tem que deixar a obra intacta”, “não precisava”, “vão estragar tudo”, “falta criatividade”, etc. Eu confesso que nunca soube o que pensar sobre essa versão americana do filme.

Primeiro que o próprio Oldboy coreano já é uma adaptação de outra fonte, então toda a parte da falta de criatividade e mexer em obras alheias ganha uma nova proporção com esse detalhe. Segundo porque desde o início, todos os rumores apontavam para um cuidado muito interessante na obra. Nomes como Colin Firth, Rooney Mara, Clive Owen, Mia Wasikowska e Christian Bale foram cogitados para os papéis principais do longa, que acabaram ficando com Elizabeth Olsen e Sharlto Copley (além de Josh Brolin, protagonista do filme). Tudo isso sob direção de Spike Lee. Ou seja: pelo menos estavam procurando por gente boa pra fazer o filme.

Agora surge uma declaração de Sharlto Copley para acrescentar um pouco mais nessa discussão. De acordo com a visão do ator, o remake de Oldboy não é um filme comercial, mas um projeto artístico.

É uma história tão boa! Algo desse tipo surge raramente e é perfeitamente razoável ter uma reimaginação disso. É bem comum ver Hollywood refazendo algo só porque já existe uma audiência pré-feita, apenas pelo aspecto comercial da coisa. É justo, acho. Mas nesse caso, se você ver as pessoas envolvidas, é mais por motivação criativa. Não se trata de uma franquia massiva que nós estamos tentando rebootar ou alguma coisa que lucrará gazilhões de dólares. É apenas um filme que é artisticamente inspirador para as pessoas. Spike [Lee] é um artista que foi inspirado a fazer esse filme. A motivação por trás do projeto não é um estúdio ou um executivo pensando que se trata de uma grande oportunidade de marketing. A motivação por trás disso são os produtores, atores e diretores, é simplesmente a inspiração dessa história. Vocês notarão que não é um projeto feito por pessoas conhecidas por aceitarem trabalhos apenas por serem comerciais“, disse o ator.

Enquanto você medita sobre essa história da versão americana de Oldboy, clique aqui para conferir algumas fotos dos sets do filme.

Oldboy seguirá a história de Joe Douchett, vivido por Josh Brolin, que é capturado e mantido em cativeiro por 20 anos, sem saber o motivo. Depois de libertado, Joe começa uma jornada para tentar descobrir quem o sequestrou e porquê.

Elizabeth Olsen vive uma jovem assistente social no longa. Ao seu lado no elenco do filme, temos Samuel L. Jackson como o carcereiro do protagonista e Sharlto Copley como Adrian Pryce, um misterioso bilionário.

Com roteiros de Mark Protosevich e direção de Spike Lee, Oldboy deve estrear nos cinemas em 2013.

via Empire


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários