O Palhaço está fora do Oscar 2013 :(

Leandro de Barros

  sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

O Palhaço está fora do Oscar 2013 :(

Na nova lista liberada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o filme dirigido por Selton Mello fica de fora

Depois de ter liberado aquela lista com 71 pré-candidatos à categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2013, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas lançou agora uma lista reduzida, com apenas nove concorrentes.

Essa nova lista ainda não é a final (que só deverá ser conhecida no dia 10 de janeiro), mas já serviu para tirar alguns concorrentes do páreo, como o nosso glorioso O Palhaço. O filme dirigido e estrelado por Selton Mello ficou de fora da brincadeira, assim como César Deve Morrer, vencedor do Festival de Berlim.

Dentre os que continuam na briga, dois filmes aparecem como favoritos: Amor, de Michael Haneke, e Intocáveis, de Olivier Nakache e Eric Toledano, representantes da Áustria e da França, respectivamente.

Confira a lista:

  • Amor – Áustria
  • Rebelle – Canadá
  • No – Chile
  • En kongelig affæreDinamarca
  • Intocáveis – França
  • Djúpið – Islândia
  • Kon-Tiki – Noruega
  • Dupa dealuri – Romênia
  • L’enfant d’en haut – Suiçá

Rebelle – Canadá

No – Chile

En kongelig affære – Dinamarca

Intocáveis – França

Djúpið – Islândia

Kon-Tiki – Noruega

Dupa dealuri – Romênia

L’enfant d’en haut

Áustria – Amour, de Michael Haneke
Canadá – Rebelle, de Kim Nguyen
Chile – No, de Pablo Larraín
Dinamarca – En kongelig affære, de Nikolaj Arcel
França – Intocáveis, de Olivier Nakache e Eric Toledano
Islândia – Djúpið, de Baltasar Kormákur
Noruega – Kon-Tiki, de Joachim Rønning e Espen Sandberg
Romênia – Dupa dealuri, de Cristian Mungiu
Suíça – L’enfant d’en haut, de Ursula Meier

 

 

Academia de Artes e Ciências Cinematográficasreduziu para nove longas-metragens aquela primeira listade 71 pré-candidatos ao Oscar 2013 de Melhor Filme Estrangeiro. E o brasileiro O Palhaço ficou de fora, assim como o italiano César Deve Morrervencedor do Festival de Berlim, e o sul-coreano Pietá, Leão de Ouro em Veneza.

Sobraram no páreo:

Áustria – Amour, de Michael Haneke
Canadá – Rebelle, de Kim Nguyen
Chile – No, de Pablo Larraín
Dinamarca – En kongelig affære, de Nikolaj Arcel
França – Intocáveis, de Olivier Nakache e Eric Toledano
Islândia – Djúpið, de Baltasar Kormákur
Noruega – Kon-Tiki, de Joachim Rønning e Espen Sandberg
Romênia – Dupa dealuri, de Cristian Mungiu
Suíça – L’enfant d’en haut, de Ursula Meier

Desses nove, agora sobrarão apenas cinco. Os indicados serão anunciados em 10 de janeiro. A premiação, diferente dos últimos anos, quando era entregue um mês após a abertura da votação, agora acontecerá em 24 de fevereiro.

Seth MacFarlane, o criador de UmaFamília da Pesada e American Dad, será o apresentador da cerimônia.

Leia mais sobre o Oscar 2013

 


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários