O filme da Liga da Justiça terá um novo Batman

Batman Begins

David S. Goyer (FlashFoward) é o roteirista de O Homem de Aço e será o responsável pelo texto da sequência do filme do Superman e do filme da Liga da Justiça. Ele é, portanto, uma das pessoas com mais a valor sobre o futuro do Universo DC nos cinemas.

Em entrevista ao Hey U Guys, o roteirista falou justamente sobre isso: o futuro dos filmes da DC Comics, seus personagens e confirmou que o Batman que aparecerá no longa da Liga da Justiça NÃO é o mesmo Batman dos filmes de Christopher Nolan.

Zack [Snyder, diretor de O Homem de Aço] já disse que Bruce Wayne existe nesse universo. Será um Bruce Wayne diferente da Trilogia do Cavaleiro das Trevas e seria hipocrisia dizer que Zack e eu não tivemos várias conversas sobre isso nos sets. Dito isso, tudo vai depender das próximas semanas. A Warner Bros. espera que hajam mais filmes de O Homem de Aço e que eles sejam o começo de um universo compartilhado. Nós poderíamos encontrar o Batman ou a Mulher Maravilha ou a Liga da Justiça nesses filmes. Mas todos eles dependem das bilheterias“, disse o escritor.

Há muita coisa interessante para tirar dessa declaração. A primeira é aquela que já foi dita: o Batman dos novos filmes da DC NÃO será Christian Bale e não será o mesmo dos filmes de Nolan – eu gosto muito da Trilogia do Cavaleiro das Trevas, mas acho essa atitude da Warner a mais acertada. Nós já tivemos o Batman do Nolan, que tal tentar algo novo?

A segunda coisa interessante a notar é que talvez alguns personagens não sejam necessariamente apresentados em filmes solos antes do longa da Liga da Justiça. A Marvel resolveu apresentar todos antes de Os Vingadores, mas e se O Homem de Aço 2 contar com o Flash e a Mulher-Maravilha também?

Vamos esperar para ver como O Homem de Aço se sairá nas bilheterias. A expectativa é alta (especialistas esperam que o filme arrecade cerca de $105 milhões de dólares no seu fim de semana de estreia) e, pelo que vimos até aqui, o longa tem tudo para cumprir essa expectativa.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...