Michael Bay desmente vazamento do roteiro de Transformers 4

Leandro de Barros

  quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Michael Bay desmente vazamento do roteiro de Transformers 4

Diretor desmente que roteiro do novo filme dos Autobots tenha vazado

Transformers Optimus PrimeNo começo da semana, surgiu um rumor em certas publicações online dizendo que o roteiro de Transformers 4, com direção de Michael Bay (A Ilha), teria vazado. O rumor citava algumas supostas informações sobre o filme, inclusive chegando a dizer que o vilão do longa seria o Unicron, um robô do tamanho de um planeta!

Pois bem, Michael Bay, do alto da sua iluminação e sapiência, apareceu no seu site oficial para por fim à esse rumor:

Alguns sites da Internet divulgaram nessa manhã que um cara encontrou um roteiro legítimo de Transformers 4 com 120 páginas. Eu posso dizer, absolutamente com 100% de certeza, que isso é completamente falso. As únicas duas pessoas no mundo que possuem nosso roteiro não-finalizado são [Ehren] Kruger [roteirista da franquia] e eu. Além disso, nós estamos apenas na página 70 do nosso roteiro. Talvez esse cara tenha o roteiro de um desenho ou algo do tipo – mas definitivamente não é o nosso filme!

Bay

PS: Eu aposto que é algo da Hasbro. Dessa vez eles não farão um gibi do filme porque querem manter nossa história em segredo. Deve ser a versão deles de uma história em quadrinhos de Transformers que eles estão fazendo“.

Isso talvez encerre os rumores sobre o tal roteiro vazado, embora todo esse episódio levante uma curiosa questão sobre a sociedade em que vivemos: existe mesmo mercado para “rumores” de um novo filme de Transformers dirigido por Michael Bay? Há teorias a respeito? As pessoas estão PREOCUPADAS com a trama do longa? Eu achando que o roteiro do filme seria algo do tipo “Cena 1 – close na bunda da garota; Cenas 2 até 234 – Explosões; Cena 235 – close na bunda da garota e início dos créditos”…


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários