Marvel quer o Homem-Aranha em Avengers: Infinity War!

Leandro de Barros

  quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Marvel quer o Homem-Aranha em Avengers: Infinity War!

Emails revelam que o estúdio quer o Homem-Aranha na batalha contra Thanos

Como a gente já divulgou por aqui, Marvel Studios e Sony negociaram nesse ano os direitos cinematográficos do Homem-Aranha de modo que o personagem passasse a integrar o Universo Cinematográfico da Casa das Ideias.

A ideia original era que o Cabeça de Teia participasse de Capitão América: Guerra Civil, o terceiro longa do Sentinela da Liberdade – porém, os planos não deram certo e a negociação terminou.

Agora, depois de mais emails vasculhados no gigantesco vazamento da Sony, a imprensa internacional descobriu mais detalhes desse plano da Marvel.

Numa troca de email entre Andrew Gumpert (Columbia Pictures) e Amy Pascal (Presidente da Sony), são revelados os seguintes detalhes:

  • o Homem-Aranha faria só uma participação em Guerra Civil, onde seria recrutado por Tony Stark (Robert Downey Jr.) e ganharia o uniforme-armadura da HQ. Ele também conheceria a Viúva Negra (Scarlett Johansson) e o Capitão América (Chris Evans);
  • a seguir, a Marvel iria querer um filme solo do Aranha, onde Peter Parker ainda estaria no colegial e viveria com sua Tia May;
  • a próxima utilização do herói no Universo Marvel seria em Avengers: Infinity War, em 2018 e 2019! O Homem-Aranha participaria da batalha contra o Thanos, provavelmente integrando os Vingadores!;
  • Por fim, a Marvel já teria até planejado um segundo longa solo do personagem para 2019.

Na troca de emails, o executivo da Columbia Pictures acredita que o acordo Sony-Marvel seria mais benéfico para a Sony do que para a Casa das Ideias.

Assim, parece bem mais provável que essa reunião que os dois estúdios farão em Janeiro dê frutos mesmo. O que você acha?


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários