Kenneth Branagh explica porque não pôde ser o diretor de Thor 2

  Leandro de Barros  |    terça-feira, 15 de novembro de 2011

O diretor diz que não pôde assumir a direção de Thor 2 por causa da sua agenda. O filme será dirigido por Patty Jenkins, que também foi aprovada por Branagh

Em silêncio desde a confirmação de Patty Jenkins na direção de Thor 2, o diretor do primeiro filme, Kenneth Branagh, finalmente resolveu falar sobre os motivos que o levaram a não ser o diretor da sequência do blockbuster que arrecadou mais de $ 448 milhões de dólares no mundo todo.

Em entrevista ao MovieFone, Branagh foi simples e enumerou apenas um motivo da sua não-permanência na cadeira de diretor da franquia: a agenda.

“Foi simplesmente a agenda. Eu amei fazer o filme, eu adoraria fazer outro filme da Marvel, mas foi por causa da agenda. O problema é que eu tinha de estar de volta na cadeira de diretor tão rápido que não era viável, mas foi uma decisão que a Marvel entendeu”.

Branagh também comentou sobre a sua substituta, a cineasta Patty Jenkins, e se juntou à Tom Hiddleston ao elogiá-la: “Eu, junto de muitas outras pessoas, fiquei muito animado com a nomeação de Patty Jenkins. Eu acho que ela foi uma ótima escolha para dirigir o filme. Eu sei que Kevin Feige e todas as outras pessoas que trabalharam comigo, que foram partes da criação daquele filme, estão ansiosas para produzir um ótimo segundo filme. Assim a decisão foi certa para mim e para eles e eu estou ansioso de verdade para ver como esse segundo longa será desenvolvido”.

Thor 2, dirigido por Patty Jenkins, e com Chris Hemsworth (Branca de Neve e o Caçador), Natalie Portman (Cisne Negro), Tom Hiddleston (Meia-Noite em Paris), Anthony Hopkins (O Silêncio dos Inocentes) e Idris Elba (Luther) no elenco, deve estrear no dia 15 de novembro de 2013.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários