Jim Carrey critica a violência em Kick-Ass 2

New Kick-Ass 2 poster

Kick-Ass 2 vem aí, com previsão de chegar no Brasil em setembro desse ano, mas alguém não está muito feliz com isso – e esse alguém responde pelo nome de Jim Carrey.

O ator, conhecido pela sua participação em filmes como Débi & Lóide, O Máscara, Ace Ventura e outros, se pronunciou nesse fim de semana no Twitter, dizendo que não consegue aprovar o nível de violência de Kick-Ass 2.

Eu filmei Kick-Ass um mês antes do incidente em Sandy Hook e agora, em sã consciência, eu não posso aprovar aquele nível de violência. Peço desculpas aos outros envolvidos com o filme. Eu não tenho vergonha dele, mas os eventos recentes causaram uma mudança no meu coração“.

Carrey cita o incidente de Sandy Hook, que aconteceu no fim do ano passado, quando um homem vestido de preto e armado com quadro pistolas 9 milímetros, entrou na escola primária da cidade e assassinou 20 crianças e 8 adultos.

Quem conhece Kick-Ass sabe que a obra criada por Mark Millar possui uma violência gráfica desmedida e chega a ser compreensível que Jim Carrey se sinta incomodado pela violência do longa – principalmente quando o país ainda está fragilizado pelos recentes eventos (além do tiroteio em Sandy Hook, eventos parecidos aconteceram nos últimos meses nos EUA: um em Santa Mônica, no começo do mês; um em Seattle, em Abril; um em Nova Orleães, em Maio; a bomba em Boston, em Abril).

Mark Millar, autor das HQs que inspiraram os dois filmes de Kick-Ass, se pronunciou no seu site oficial sobre as declarações de JIm Carrey. Confira:

Sim, a contagem de mortos [no filme] é muito alta, mas um filme chamado Kick-Ass 2 precisa cumprir o que diz o título. A sequência de um filme que nos apresentou a HIT-GIRL sempre terá algum sangue no chão e isso não deveria ser um choque para quem gostou tanto do primeiro filme. Meus trabalhos são muito hardcore, mas as adaptações cinematográficas são feitas para um público mais mainstream e se você gostou do tom do primeiro longa, você vai pirar na sequência. Assim como Jim, eu fico horrorizado com violência na vida real (mesmo sendo escocês!), mas Kick-Ass 2 não é um documentário. Nenhum ator se feriu na produção do filme! Isso é ficção e, como Tarantino e Peckinpah, Scorcese e Eastwood, John Boorman, Oliver Stone e Chan-Wook Park, Kick-Ass evita as mortes sem sangue dos grandes blockbusters e se foca nas CONSEQUÊNCIAS dessa violência, seja nas ramificações dela nos seus amigos ou familiares ou, como vimos no primeiro filme, com o Kick-Ass passando seis meses em um hospital depois da sua primeira patrulha urbana. Ironicamente, o personagem de Jim Carrey em Kick-Ass 2 é alguém que renasceu em Cristo e o fato dele se recusar a usar uma arma de fogo é algo que Carrey disse ter atraido-o para o papel“.

Kick-Ass 2 conta com Aaron Johnson, Jim Carrey, Christopher Mintz-Plasse, Chloë Moretz, Donald Faison e John Leguizamo no seu elenco. A direção é de Jeff Wadlow e a estreia no Brasil deve rolar em setembro.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...