James Mangold topa fazer uma sequência de Wolverine – Imortal e quer um filme de Sandman

Leandro de Barros

  quarta-feira, 24 de julho de 2013

James Mangold topa fazer uma sequência de Wolverine – Imortal e quer um filme de Sandman

Diretor de Wolverine - Imortal diz que topa fazer um novo filme caso tenha a mesma liberdade que teve com esse primeiro e afirma que gostaria de levar Sandman aos cinemas

James MangoldEm entrevista ao Yahoo!, o diretor James Mangold (Wolverine -Imortal) falou sobre a sua experiência com a direção de um filme baseado em um super-herói e afirmou que estaria disposto a fazer uma sequência E cuidar da adaptação cinematográfica de Sandman, de Neil Gaiman.

Mangold afirmou que, apesar do novo filme do Carcaju da Marvel não dar uma brecha para uma sequência e já ter X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido vindo aí, ele não hesitaria em fazer um novo longa caso tivesse a liberdade que teve com esse primeiro.

Se a oportunidade desse segundo filme se apresentasse como a do primeiro fez, então sim. O que eu quero dizer é que a locação e o mundo do Japão realmente me ofereceraam um conjunto único de liberdades. Certamente qualquer projeto com Hugh [Jackman] é atraente, mas se alguém vier até mim ou se eu bolar uma estratégia que continue tão inventiva e excitante, eu não hesitaria em fazer outro Wolverine

Quando perguntado sobre qual personagem da DC ele escolheria para fazer um filme, caso tivesse a chance, Mangold surpreendeu ao escolher Sandman e afirmar que inclusive já conversou com Neil Gaiman sobre o projeto.

Sandman do Neil Gaiman é uma grande série. Na verdade, eu já falei como Neil sobre uma adaptação há algum tempo. Eu acho que se trata de um dos grandes e realmente interessantes contos modernos. Além dele, no completo outro lado do Universo DC, eu sempre fui um fã do Flash. Apesar de que o uniforme dele teria definitivamente de mudar, com aquelas asinhas nas orelhas”

Não custa lembrar que Neil Gaiman já falou sobre uma possível adaptação de Sandman que a Warner estava planejando. A opinião do escritor foi bem negativa, embora não deva ter nada a ver com essa conversa com James Mangold.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários