Hugh Jackman quer continuar sendo o Wolverine “até morrer”

Em entrevista ao Cigar Aficionado, o ator australiano Hugh Jackman comentou sobre seu tempo interpretando o Wolverine – e revelou que nunca quer deixar de viver o mutante, inspirado pelo filme Birdman.

[quote]Eu disse pra minha esposa ‘A moral do filme é que eu não devo nunca deixar de ser o Wolverine. Eu tenho de encontrar uma maneira de continuar interpretando ele até eu morrer’. Eu sei que um dia vão escalar um novo ator no papel… eu ficaria feliz do papel eventualmente vá pra outro alguém. Isso significaria que ele se tornou icônico.

Eu sempre tento estar numa forma melhor do que estava no filme anterior. Eu não acredito em estagnação. As pessoas falam que eles tentam manter o status quo. Mas eu acredito no ciclo natural que significa que ou você está avançando e se aproximando de algo ou você está retrocedendo[/quote]

E aí, por quanto tempo você acha que Hugh Jackman consegue ser o Wolverine?

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...