Frozen se torna a animação de maior bilheteria da história

Foram 2 Óscars, milhões de covers de Let it Go no Youtube e até mesmo o lançamento de uma versão karaokê do longa nos cinemas, mas finalmente Frozen conseguiu se tornar a animação de maior bilheteria da história do cinema.

A história das irmãs Elsa e Anna conseguiu ultrapassar Toy Story 3, da Disney e da Pixar, nesse fim de semana, graças ao seu bom desempenho no Japão (último mercado com o filme em exibição). Com os recentes resultados da bilheteria da animação, Frozen chegou a marca de $1,072 bilhões de dólares e agora ocupa o 10º lugar da lista de maiores bilheterias do cinema – atrás de Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge por $12 milhões de dólares, valor que deverá ser alcançado até o fim da exibição do filme no Japão.

Além de ultrapassar Toy Story 3, Frozen também deixou para trás Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas e se tornou o filme feito pela Disney de maior bilheteria (feito é diferente de distribuído, já que Os Vingadores e Homem de Ferro 3 foram feitos pela Marvel Studios, uma empresa da Disney).

Internacionalmente, Frozen é também a animação de maior bilheteria em 27 países, incluindo aí o Brasil – onde o filme ocupa o posto de maior bilheteria do ano até o momento.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...