Filme de Jogador Nº 1 arranja roteirista!

A Warner Bros. anunciou hoje que Zak Penn, o roteirista de filmes como O Incrível Hulk e X-Men: O Confronto Final, foi contratado para escrever a adaptação cinematográfica do livro Jogador Nº 1, de Ernest Cline.

Para quem não conhece, Jogador Nº 1 chegou ao Brasil em 2012 pela editora LeYa e retrata um futuro próximo da humanidade, onde a sociedade atingiu níveis preocupantes de qualidade de vida, desemprego e pobreza. Para fugir dessa realidade, as pessoas mergulham de cabeça em OASIS, uma utópica realidade virtual que pode ser descrita como uma fusão entre a Internet, video-games e redes-sociais, que passa a pautar a vida das pessoas – por exemplo, os garotos não frequentam mais uma escola física, indo às aulas pelo OASIS.

O que acontece é que o excêntrico bilionário que criou essa maravilha morreu há muitos anos, tendo deixado toda a sua fortuna como prêmio para o vencedor de uma última gincana: dentro do absurdamente gigante mundo de OASIS, ele escondeu três chaves, que levarão à um easter-egg. Quem achar esse easter-egg, leva toda a fortuna do cara e os direitos às criações dele, incluindo o próprio OASIS.

Muitos anos se passam e ninguém consegue achar as tais chaves, até que um dia o adolescente Wade Watts, que dedica a sua vida à conhecer e estudar mais sobre essa caça ao tesouro, se torna a primeira pessoa do mundo a encontrar a chave e vê sua vida ser virada de cabeça para baixo quando essa competição começa a representar um perigo real para a sua vida e para aqueles ao seu redor.

[vejamais]

+ sobre Jogador Nº 1:

[/vejamais]

O longa será produzido pela Warners Bros. e pela De Line Pictures e ainda não possui um diretor e nem elenco, além de também não ter uma data para chegar aos cinemas.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...