FBI e governo americano acusam a Coreia do Norte pelo vazamento da Sony

Leandro de Barros

  segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

FBI e governo americano acusam a Coreia do Norte pelo vazamento da Sony

Governo dos EUA acusa o governo norte-coreano de ser o responsável pelo ataque feito à Sony

O caso dos vazamentos de emails, filmes e informações dos servidores da Sony continua. Depois de um grupo hacker clamar a autoria do ato, o FBI (Federal Bureal of Investigation) acusou oficialmente a Coreia do Norte por estar por trás dessa ação.

O relatório da agência de investigação aponta semelhanças entre códigos de programação que levaram a esse vazamento com códigos utilizados em outras ações ligadas ao governo norte-coreano.

“Análise técnica do malware de deletamento de informações usado nesse ataque revelou ligações com outros malwares que o FBI tem conhecimento que pessoas norte-coreanas desenvolveram anteriormente. O FBI também observou uma coincidência significativa entre a infraestrutura usada nesse ataque com outras cyber-atividades maliciosas que o governo americano já havia anteriormente ligada diretamente à Coreia do Norte”, diz o relatório do FBI

Pouco depois do relatório do FBI, o presidente americano Barack Obama confirmou numa conferência de imprensa que o país liderado por Kim Jong-Un foi o responsável pelo ataque à Sony e condenou a atitude da empresa de ceder às ameaças terroristas que o filme The Interview sofreu.

Nós não podemos ter uma sociedade onde algum ditador em algum lugar pode começar a impor censura nos EUA. Eu entendo que a Sony, enquanto uma empresa privada, tinha preocupações sobre as suas obrigações. Eu gostaria que eles tivessem falado comigo primeiro. Eu teria dito para eles não entrarem num padrão onde se é intimidado por esse tipo de ataques criminosos

Além da acusação americana contra o governo norte-coreano, o presidente Obama ainda fez uma ameaça de resposta: “[A Coreia do Norte] causou muito dano e nós vamos responder proporcionalmente em um lugar e tempo que vamos escolher“.

Pois é, um filme de Seth Rogen e James Franco coloca EUA e Coreia do Norte em rota de colisão. Parece justamente a sinopse de um filme feito por Seth Rogen e James Franco.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários