Ezra Miller não será o Tetsuo na adaptação live-action de Akira

  Leandro de Barros  |    quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Ator nega estar envolvido na produção de Akira e descarta interpretar Tetsuo na adaptação live-action produzida pela Warner

O elenco da adaptação live-action do anime Akira, produzido pela Warner, não tem nenhum nome confirmado ainda, porém existe um mar de rumores e de especulação.

Um dos nomes mais comentados para o papel de Tetsuo no filme, o ator Ezra Miller, resolveu ir na contra-mão dos acontecimentos recentes e negou o seu envolvimento na produção: “Não é verdade. Eu posso garantir que isso [estar em Akira] não será uma realidade” disse o ator em entrevista pelo telefone com o Moviefone.

Miller ainda disse conhecer a obra original e garante que não tem interesse nesse tipo de papel por enquanto. “[Akira] é um lindo épico japonês e eu acho que vai ser um filme muito divertido e agradável, mas não, não será meu próximo trabalho”.

Enquanto Miller descarta o papel,  Alden Ehrenreich (Tetro) está cotado para ser Tetsuo. Alguns rumores ainda indicam o nome de Robert Pattinson para viver o personagem, embora falte consistência nesses rumores. As conversas mais avançadas indicam que Garrett Hedlund (Tron: O Legado) está negociando para viver KanedaGary Oldman (Batman – O Cavaleiro das Trevas) para o papel de Coronel ShikishimaHelena Bonham-Carter (Clube da Luta) pode ser Lady Miyako, enquanto Kristen Stewart (A Saga Crepúsculo) pode viver Kei. O único papel que deve ser interpretado por um oriental será o de Yamagata.

A história desenrola-se em Neo Manhattan, uma cidade reconstruida depois de ter sido destruída na III Guerra Mundial, iniciada pelo crescimento incontrolável de poderes sobrenaturais de uma criança chamada Akira, que foi registrado num programa governamental secreto de pesquisa.

Akira, direção de Jaume Collet-Serra, não tem previsão de estréia.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários