Evangeline Lilly quase foi a Mulher-Maravilha em 2005

Leandro de Barros

  quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Evangeline Lilly quase foi a Mulher-Maravilha em 2005

Atriz revela ter passado por reuniões para o papel após a primeira temporada de Lost

Evangeline Lilly

Recentemente, a atriz Gal Gadot foi anunciada como a intérprete da Mulher-Maravilha no filme Batman vs. Superman. Essa será a primeira vez que a personagem vai dar as caras nas telonas, mas não é o primeiro projeto para isso. Há anos que a Warner quer levar a Princesa Amazona pras telonas (inclusive, com um projeto de Joss Whedon).

Em 2005, um projeto para levar a personagem pro cinema estava sendo desenvolvido dentro da Warner e a atriz Evangeline Lilly (O Hobbit: A Desolação de Smaug) chegou a se encontrar com o estúdio para viver a heroína. A própria atriz explicou o caso em entrevista à MTV:

Na verdade, eu já fui à uma reunião pela Mulher-Maravilha em um momento, antes do projeto ser cancelado. Estava num estágio inicial, ainda estávamos na primeira temporada de Lost antes de eu parar e pensar ‘Eu não sei se quero fazer isso’

Considerando a época que a atriz revela ter se encontrado com a Warner, deveria ser para o filme da personagem que seria escrito e dirigido por Joss Whedon – o homem que nos deu Os Vingadores e Firefly. Há algum tempo, o cineasta comentou qual era a sua ideia para o projeto:

Ela viajava o mundo. A Mulher-Maravilha era muito poderosa e muito inocente em relação às pessoas, e o fato de ela ser uma deusa me deu espaço para encontrar a humanidade e a vulnerabilidade de que eu precisava. Porque ela olharia para nós, para a forma como nos matamos ou passamos fome, para o jeito como o planeta é administrado, e ela pensaria ‘nada disso faz sentido pra mim, não sei como lidar com isso, não compreendo a insanidade das pessoas’.

E o romance dela com Steve tinha a ver com a chance de ele mostrar a ela como era ser vulnerável, como era ser afetado por todas essas forças sobre as quais você não tem controle. Isso era o conceito central do filme, com ele ensinando a humanidade a ela, dizendo ‘OK, nós humanos podemos ser melhores


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários