David Fincher não vai mais dirigir a cinebiografia de Steve Jobs

Leandro de Barros

  terça-feira, 15 de abril de 2014

David Fincher não vai mais dirigir a cinebiografia de Steve Jobs

Diretor e Sony não chegam à acordo e filme procura novo diretor

Steve Jobs iPod

A adaptação do livro Garota Exemplar, que ganhou trailer hoje, deverá chegar aos cinemas no fim desse ano, mas o que o futuro reserva à carreira do diretor David Fincher? Bem, aparentemente, não uma cinebiografia de Steve Jobs.

Segundo o The Hollywood Reporter, as negociações entre o cineasta e a Sony Pictures foram encerradas recentemente. E se você acha que a conversa entre as duas partes não deu certo por causa daquela exigência de que Christian Bale fosse o protagonista do filme, você está errado: o motivo do desacordo entre Fincher e o estúdio é o papel-moeda.

De acordo com a publicação, David Fincher exigiu do estúdio a quantia de $10 milhões de dólares à título de pagamento adiantado, além de controle sobre a campanha de marketing do longa – exigência que já tinha rolado em Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres e tinha gerado prejuízo pro estúdio.. Uma fonte do THR ligada à Sony revelou que o estúdio considera a exigência “ridícula”, adicionando que Fincher “não vai fazer um Transformers ou Capitão América. Esse filme é de qualidade – não é sobre comercialidade. Ele será recompensado se for bem sucedido, não antes disso“.

Com isso, o projeto deve procurar agora por um novo diretor para assumir as filmagens do roteiro escrito por Aaron Sorkin (vencedor do Oscar 2011 de Melhor Roteiro Adaptado por A Rede Social). A ideia do projeto é acompanhar Steve Jobs nos bastidores de três momentos definidores da sua carreira: os lançamentos do Mac, do NeXT e do iPod.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários