Daniel Espinosa pode ser o diretor do filme de Assassin’s Creed

altair

Prevista para chegar aos cinemas em 2015, a adaptação cinematográfica do game Assassin’s Creed pode ter encontrado o seu diretor: o sueco Daniel Espinosa (Protegendo o Inimigo). A informação é do Twitch.

De acordo com a publicação, apesar da 20th Century Fox não ter anunciado o nome de Espinosa como diretor do longa, o sueco vem sendo citado em conversas internas do estúdio já há algum tempo.

[vejamais]

+ sobre Assassin’s Creed:

[/vejamais]

Apesar de ser relativamente desconhecido por aqui, Espinosa (que é descendente de chilenos) vem buscando o seu lugar entre a nova safra de diretores de Hollywood, especialmente quando o assunto são filmes de ação: é nesse gênero que estão os dois filmes mais conhecidos do cineasta – Protegendo o Inimigo, com Ryan Reynolds e Denzel Washington; e Snabba Cash, que revelou o ator Joel Kinnaman (de The Killing e RoboCop) ao cinema americano.

Por enquanto, Assassin’s Creed deverá contar com Michael Fassbender (12 Anos de Escravidão) no elenco.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...