Damon Lindelof não escreverá a sequência de Prometheus

Leandro de Barros

  quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Damon Lindelof não escreverá a sequência de Prometheus

Roteirista cita a repercussão de Prometheus e os seus outros trabalhos como o empecilho para voltar à série

Prometheus estreou nos cinemas no primeiro semestre do ano e gerou alguma polêmica, principalmente na Internet. Há gente que discuta se o filme é ou não um prelúdio de Alien, há gente que discuta as próprias ideias do longa e há quem não goste simplesmente por não gostar.

Dentre todas as pessoas que criticam Prometheus, parece haver um consenso sobre quem é o “culpado” pelos erros do filme: Damon Lindelof (Lost).

Lindelof pegou o roteiro original de Prometheus (que pode ser lido aqui!) e o reescreveu, mudando alguns dos conceitos originais e criando algumas das controvérsias do longa. Por exemplo, originalmente, Prometheus seria um prelúdio direto de Alien, se passaria no mesmo planeta de Alien – O 8º Passageiro e se chamaria Alien – Engineers. Com a chegada de Lindelof à produção, muita coisa mudou e Prometheus foi o que foi.

Toda essa controvérsia (e as críticas que Lindelof recebeu) devem ter contribuído para a notícia do dia: Damon Lindelof NÃO estará envolvido com a sequência de Prometheus.

Em entrevista ao Collider, Lindelof diz que não trabalhará nos próximos filmes da franquia, apesar de ter confirmado que chegou a conversar com Ridley Scott sobre o futuro da série durante os trabalhos em Prometheus. Além disso, o roteirista defendeu o filme das críticas de ter mexido na franquia Alien e explicou um pouco a verdadeira relação entre Prometheus e Alien: “O que essas histórias [das sequências] seriam, não necessariamente usurparia ou transcenderia a franquia Alien como nós vimos, porque nós sabemos que a viagem da Nostromo ainda não aconteceu. Então, a ideia era armar esse universo… [Prometheus] é um prelúdio? Ok. Se é assim que nós queremos chamar, tudo bem. Mas a sequência desse filme não é Alien – O 8º Passageiro. A sequência desse filme é outra coisa“.

Sobre o seu “afastamento” da franquia, Lindelof explicou que um conjunto de razões levou à esse fim: “Então eu e o Ridley conversamos sobre que o que essa ‘outra coisa’ poderia ser e ele estava bem animado sobre a sequência. Mas acho que o que acabou acontecendo é que o filme foi lançado e teve uma certa reação do público e então eu fiquei preso com o trabalho em Star Trek e no filme que eu estou produzindo e dirigindo com Brad Bird. E eu tenho um projeto na TV pelo qual eu estou realmente apaixonado. Ridley e eu tivemos uma reunião depois de Prometheus ser lançado e nós começamos a conversar novamente sobre onde essa jornada iria. E nesse encontro, eu, infelizmente, disse à ele antes que ele pudesse me convidar ou passar pelo desconforto de imaginar se ele vai me convidar ou não… foi meio que ter um encontro onde você precisa dizer à outra pessoa que está em um relacionamento. Então, eu não posso dizer que ele me convidou e eu disse não, mas eu comuniquei à ele que eu estava trabalhando nesses outros projetos“.

Dessa forma, não deveremos ter a participação do roteirista em Prometheus 2, para alegria ou tristeza dos fãs. Ridley Scott deve lançar The Counselor, com um grande elenco, nos próximos meses e a sequência de Prometheus deve sair em 2014 ou 2015. Vale ainda lembrar que o cineasta ainda planeja um Blade Runner 2.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários