Confira a lista dos vencedores do Festival de Cannes 2013

Eder Augusto de Barros
edaummm

  segunda-feira, 27 de maio de 2013

Confira a lista dos vencedores do Festival de Cannes 2013

Blue Is the Warmest Color leva o prêmio mais importante do Festival que teve o júri presidido por Steven Spielberg.

Blue_Is_the_Warmest_Color_-_PosterTerminou no último domingo o Festival de Cannes e o júri presidido por Steven Spielberg entregou os prêmios da 66ª edição do Festival.

O filme francês Blue Is the Warmest Color (Adele Exarchopoulos originalmente) do diretor Abdellatif Kechiche levou o principal prêmio do Festival, a Palma de Ouro. O filme é uma adaptação da graphic novel Le Bleu est une Couleur Chaude e aborda o descobrimento sexual de uma adolescente que se apaixona por outra garota, o longa deu o que falar por mostrar fortes cenas sexuais.

Outro destaque do festival vai para Inside Llewyn Davis dos irmãos Coen que retrata o cenário folk musical dos anos 60. Confira a lista completa dos vencedores:

Prêmios

  • Palma de Ouro: Blue Is the Warmest Color (Abdellatif Kechiche, França)
  • Grand Prix: Inside Llewyn Davis (Joel e Ethan Coen, EUA)
  • Melhor diretor: Amat Escalante, Heli (México)
  • Prêmio do Juri: Like Father, Like Son (Japão)
  • Melhor Ator: Bruce Dern, Nebraska (EUA)
  • Melhor Atriz: Berenice Bejo, The Past (França/Itália)
  • Melhor roteiro: Jia Zhangke, A Touch of Sin (China)

Un Certain Regard

  • Melhor filme: The Missing Picture (Rithy Panh, Camboja/França)
  • Prêmio do Juri: Hany Abu-Assad, Omar (Palestina)
  • Melhor Diretor: Alain Guiraudie, Stranger by the Lake (França)
  • Prêmio Futuro: Fruitvale Station (Ryan Coogler, EUA)
  • A Certain Talent: Elenco de La Jaula de Oro (Diego Quemada-Diaz, Máxico/Espanha)

Outros

  • Camera d’Or: Ilo ilo (Anthony Chen, Cingapura)
  • Directors’ Fortnight Art Cinema Award: Me Myself and Mum (Guillaume Gallienne, França)
  • Directors’ Fortnight Europa Cinemas Label: The Selfish Giant (Clio Barnard, Reino Unido)
  • Directors’ Fortnight SACD Prize: Me Myself and Mum
  • Grand Prix da crítica: Salvo (Fabio Grassadonia, Antonio Piazza, Itália)
  • Visionary Prize da crítica: Salvo
  • Menção honrosa da crítica: The Owners (Agustin Toscano, Ezequiel Radusky, Argentina)
  • Melhor roteiro pela crítica: Le Demantelement (Sebastien Pilote, Canadá)
  • Palme d’Or curta-metragem: Safe (Moon Byoung-gon, Coreia do Sul)
  • Juri Ecumênico: The Past (Asghar Farhadi, França/Itália)

Fipresci

  • Competição: Blue Is the Warmest Color (Abdellatif Kechiche, França)
  • Un Certain Regard: Manuscripts Don’t Burn (Mohammad Rasoulof, Irã)
  • Diretores: Blue Ruin (Jeremy Saulnier, EUA)

Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários