Chris Evans fala sobre o Capitão América em O Primeiro Vingador e Os Vingadores

Chris Evans, ator que viverá Steve Rogers em Capitão América: O Primeiro Vingador e Os Vingadores, falou ao site SFX sobre o Steve Rogers do filme do Capitão América e o Steve dos Vingadores.

Chris Evans: Quando eu li o roteiro, pensei ‘existe o risco disso aqui ser vazio, não sei qual o conflito do personagem; ele começa como um cara ótimo e termina como um cara ótimo’. Mas todo mundo faz a pergunta ‘se alguém matasse seu irmão, você mataria o assassino ou o levaria para a prisão?’. Chega uma hora em que o Capitão tem que se lembrar por que ele ganhou esse poder”

[Em Os Vingadores] É aí que ele começa a ter conflitos. Ele tem que se ajustar não somente ao fato de que todas as pessoas que ele conhecia morreram, mas se ajustar à sociedade, à mudança dos valores. Mas o Capitão não é um reclamão. Então será uma questão de achar um conflito sem tornar isso um chororô. O filme lida com isso.”

Então nós temos um Steve Rogers que começa ótimo e termina ótimo. Essa é a essência do personagem.

Bem, fora isso, caiu no Youtube um comercial que, supostamente, mostra o fim do filme. Tem spoilers pra quem não conhece o mínimo do personagem. Então, se você não sabe quem é o Capitão América, a notícia acaba aqui. Abraço! :)

[nggallery id=58]

Você que ficou sabe que o Capitão América fica congelado depois da 2ª Guerra Mundial até o dia em que é encontrado e reanimado para ser o líder dos Vingadores. Ali em cima eu disse “supostamente” porque, como nós vimos aqui, o começo e o fim do filme se passam no presente. Logo, essa cena pode ser uma das primeiras cenas do filme. Por motivos óbvios, eu não coloquei o vídeo lá em cima, como normalmente. Mas você pode vê-lo aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=5MiTgxXahqI

Capitão América: O Primeiro Vingador estréia dia 22 de julho nos EUA e 29 de julho no Brasil.

via Omelete

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...