Avi Arad diz: Só vai rolar crossover se o Homem-Aranha for o protagonista

the_amazing_spider_man_2_new-wide

Todo fã de quadrinhos sonha em ver o Homem-Aranha que pertence à Sony com seus companheiros de Marvel nos quadrinhos. Porém atualmente os direitos dos personagens são divididos e a Fox detém os direitos dos X-Men, Deadpool, X-Force e Quarteto Fantástico e com a própria Marvel fica com o resto.

É pensando nisso que os produtores acabam vez ou outra se deparando com jornalistas que perguntam sobre um crossover entre os personagens. Avi Arad, o senhor que levou o Homem-Aranha para as telonas desde o tempo da trilogia de Sam Raimi, foi perguntando sobre a possibilidade e disse:

[quote]Se um dia fizermos isso, os crossovers, terá que ser com uma história absolutamente centrada no Homem-Aranha. Não podemos ser secundários em nada. Ele é o rei, o cara que influenciou todo mundo desde o berço. Existem muitas histórias boas e eu acredito que o Homem-Aranha se sairia bem em qualquer universo.[/quote]

Avi Arad deixa a porta aberta para os crossovers, desde que o Homem-Aranha seja o protagonista da história a ser contada. E é interessante ver tal abertura, em anos anteriores isso poderia ser considerado inadmissível.

[vejamais]

+ sobre A Ameaça de Electro:

[/vejamais]

O Espetacular Homem-Aranha 2 tem estreia para 02 de Maio. O elenco do filme conta com Andrew Garfield, Emma Stone, Dane DeHaan, Paul Giamatti, Jamie Foxx e Felicity Jones.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...