Assista o trailer de Drive, forte candidato ao Oscar!

  Eder Augusto de Barros  |    sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O thriller vencedor do prêmio de melhor diretor no festival de Cannes 2011, ganhou um trailer, e tem estreia marcada para dia 16 de Setembro nos cinemas americanos

Foi liberado hoje um trailer deste thriller com grande potêncial para levar o Oscar para a estante, segundo publicações internacionais. O longa é estrelado por Ryan Gosling (Blue Valentine) e dirigido pelo premiado Melhor Diretor em Cannes 2011, Nicolas Winding Refn, exatamente com o filme Drive.

O filme conta a história de Driver (Gosling), um dublê de filmes durante o dia e motorista de fugas durante a noite, que está sempre mais confortável atrás de um volante. Shannon (Cranston) gerencia Driver em seus dois trabalhos e, de olho no talento do rapaz, propõe a Bernie Rose (Brooks) que financie seus planos de montar um carro para Driver concorrer nas pistas de Stock Car. Após ver as habilidades do garoto dentro de um carro. Mas a vida de Driver muda abruptamente ao conhecer Irene (Mulligan), por quem se apaixona. Quando Standard (Isaacs), o marido de Irene, sai da prisão mais cedo por bom comportamento, Driver se vê obrigado a sair de sua vida e respeitar sua decisão de manter a família unida. Até que um dia, ao encontrar Standard caído sobre uma poça de sangue com um amedrontado Benicio ao seu lado, ele se vê de volta à vida de Irene e atolado em problemas.

Curte aí um poster do filme ;)

No elenco além do protagonista Ryan Gosling (Blue Valentine), estão também: a toda-cheia-de-saúde Christina Hendricks (Mad Men), Ron Perlman (Conan: O Bárbaro), Carey Mulligan (Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme) e Oscar Isaac (Sucker Punch – Mundo Surreal) entre outros. A direção é do dinamarquês Nicolas Winding Refn. O longa tem estreia dia 16 de Setembro nos EUA, e segundo as más línguas, promete ser um ótimo filme.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários