Assassination Games, novo filme de Van Damme, ganha trailer

Jean Claude Van Damme está planejando sua volta à Hollywood cuidadosamente. Ele deve ser um dos vilões de Os Mercenários 2 mas, antes, deve estrelar um outro filme de ação, o seu primeiro filmado em solo americano em muitos anos.

No longa, Van Damme interpreta Brazil (é, nóis. Vamo, seleça! #sonoexalando) que é um dos melhores assassinos do mundo. Ele tem a missão de matar um chefão de um cartel de drogas. A mesma missão é assumida por Roland Flint (Scott Adkins), que não tem nome de país, então não é o personagem principal. Roland assume a missão de matar o chefão por um motivo pessoal. Os dois se trombam na hora de apertar o gatilho e acabam juntando forças pra pegar o homem.

Eu pessoalmente, não gostei muito. Ok, é ação, é a volta do Van Damme, legal, mas o filme pareceu tão canastrão que sei lá. Não é um canastrão que sabe que é, tipo Machete. É um canastrão tipo “quero ser foda”. Também não sou a favor de filmes que usam uma máscara colorida por cima, dando a impressão de que todas as cenas tem a mesma cor. Crepúsculo é assim. Se um filme de ação me lembra Crepúsculo, alguma coisa está errada.

O filme estréia nos EUA esse mês, mas não tem data de estréia aqui no Brasil.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...