Apenas o Fim, de Matheus Souza, entre para o catálogo da Netflix

Leandro de Barros

  quarta-feira, 09 de outubro de 2013

Apenas o Fim, de Matheus Souza, entre para o catálogo da Netflix

Filme venceu uma votação aberta do público contra outros 9 projetos (6 longas e 3 documentários) e entrará para o catálogo internacional do serviço de streaming até o fim de 2014

Apenas o FimA dramédia romântica independente Apenas o Fim, do diretor brasileiro Matheus Souza, ganhou a primeira edição do Prêmio Netflix, uma premiação de votação pela Internet realizada pela Netflix.

Na competição, os votantes precisavam escolher entre dez filmes nacionais produzidos nos últimos dez anos (os participantes selecionados foram escolhidos por curadores da empresa): Apenas o Fim, Elvis e Madona, Dalua Downhill, Cinema Aspirinas e Urubus, Riscado, O Dia que Durou 21 Anos, Árido Movie, Uma Longa Viagem, Malu de Bicicleta e Super Nada.

De acordo com a Netflix, foram mais de 12 mil votos e o prêmio para Apenas o Fim será a entrada do filme no catálogo internacional da empresa até, pelo menos, o fim de 2014. Com isso, o longa fica disponível para mais de 37 milhões de assinantes em 40 países.

Na trama do filme, acompanhamos Antônio (Gregório Duvivier) e sua namorada (Erika Mader) na última conversa do casal antes da separação. Juntos, os dois relembram momentos do passado e imaginam o futuro que terão.

O Brasil foi o primeiro país a receber o Prêmio Netflix, que foi lançado no dia 30 de agosto em parceria com o Curta Kinoforum e o Festival do Rio, por meio do braço comercial do festival, o RioMarket.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários