Anne Hathaway reforça desejo de ver um filme próprio da Mulher-Gato

Depois de Christopher Nolan dizer que a Mulher-Gata vivida por Anne Hathaway em Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge merece um filme solo, agora é a vez da própria Anne Hathaway reforçar esse desejo.

Em entrevista ao Access Hollywood para promover o lançamento de Os Miseráveis, musical dirigido por Tom Hooper (O Discurso do Rei) onde interpreta Fantine, a atriz comentou o desejo de ver esse projeto acontecer.

Ninguém falou comigo sobre isso. Eu adoraria. Na verdade, é um pouco embaraçoso, eu estava em um painel há alguns dias para a exibição de O Cavaleiro das Trevas e o moderador me perguntou ‘Então, como é dizer adeus à um personagem?’ e eu desatei a chotar porque eu sinto muito a falta dela. [Falar sobre isso] me faz chorar. Eu tenho saudades delas. Eu amo muito a Selena e amei a presença dela na minha vida… e já estou chorando de novo. Enquanto tiver lenços o suficiente no mundo, eu adoraria fazer um spin-off“, disse Hathaway.

Eu devo dizer que a Mulher-Gato de Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge foi uma das melhores interpretações da personagem fora dos quadrinhos e um dos maiores atrativos do filme. Na minha singela opinião, Anne Hathaway entregou uma ótima performance no filme e definitivamente deveria ser a primeira opção para um filme solo da Mulher-Gato, algo que nos fizesse esquecer aquele horror que foi o longa estrelado pela Halle Berry.

Para ver a atriz comentando sobre o filme, dê o play abaixo:

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...