Alexandre Desplat será o compositor de Star Wars: Rogue One

Anunciado oficialmente na semana passada, o spin-off Star Wars: Rogue One – o primeiro spin-off cinematográfico do universo Star Wars – já tem compositor contratado: e é um oscarizado.

Alexandre Desplat, que foi duplamente indicado ao Oscar 2015 (por O Jogo da Imitação e O Grande Hotel Budapeste – vencendo por esse último), confirmou em entrevista ao Radio Classique’s Culture Club que voltará a trabalhar com Gareth Edwards e fará a trilha de Rogue One – ele já havia trabalhado com o diretor em Godzilla.

Vale fazer notar que a novidade é impressionante porque todos os filmes live-action da franquia Star Wars tiveram sua trilha sonora assinada pelo lendário John Williams. A única exceção fica para a animação Star Wars: The Clone Wars.

WIlliams assinará a trilha de Star Wars – Episódio VII: O Despertar da Força e, muito provavelmente, os Episódios VIII e IX também, mas não os spin-offs.

Dentre as opções disponíveis, Alexandre Desplat é claramente uma das melhores. Não só pela sua dupla indicação no Oscar 2015 e sua posterior vitória, mas também pelas suas outras SEIS nomeações (A Rainha, O Curioso Caso de Benjamin Button, O Fantástico Senhor Raposo, O Discurso do Rei, Argo e Philomena) e pelo seu trabalho notável com uma outra franquia cheia de fãs: Harry Potter.

Desplat foi o compositor de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 e 2 e foi o responsável por temas como Lily’s Theme e Battle of Hogwarts:

https://www.youtube.com/watch?v=eukcZ5J-3Hc

Parece que Star Wars está em boas mãos.

Star Wars: Rogue One estreia em Dezembro de 2016, com Felicity Jones no elenco.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...