Agora, Star Wars: Episódio VII pode ter Han, Luke e Leia como PROTAGONISTAS

Luke Leia Han

Star Wars: Episódio VII deverá ser um dos grandes lançamentos cinematográficos dos últimos anos em Hollywood – e digo isso sem nem pensar se teremos ou não um bom filme nas telonas. Apenas o fato de termos um novo Star Wars nos cinemas depois de 10 anos, produzido pela Disney e com o diretor dos dois últimos Star Trek já atrai uma atenção gigantesca para o projeto.

Atenção essa que atrai a mídia e, por sua vez, acaba expondo todo o processo complicado de se fazer um filme. Por exemplo, o THR divulga agora que a trama do Episódio VII foi toda reformulada após a partida de Michael Ardnt (Jogos Vorazes: Em Chamas) do cargo de roteirista do filme.

De acordo com a publicação, Ardnt tinha escrito um filme com os filhos de Han Solo e da Princesa Leia como protagonistas, com o trio principal original da série como coadjuvantes do longa. Porém, o que J.J. Abrams queria (e o diretor foi apoiado por Kathleen Kennedy, produtora e chefe da LucasFilms, e George Lucas, criador de Star Wars) é que o trio composto por Luke Skywalker (Mark Hamill), Han Solo (Harrison Ford) e Leia Organa (Carrie Fisher) fossem os protagonistas do novo filme, para que o público pudesse vê-los mais uma vez.

Assim, na versão atual do roteiro do longa, que é co-escrita por J.J. Abrams e Lawrence Kasdan (Star: Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca), os protagonistas da aventura são os três nomes principais da série, passando o comando aos poucos para os seus sucessores nos filmes seguintes.

Isso faz com que personagens que existiam no primeiro roteiro foram excluídos nessa nova versão e outros tiveram suas idades e funções mudadas.

[vejamais]

+ sobre o Episódio VII:

[/vejamais]

E, por falar em personagens, a reportagem também cita que mais atores se encontraram com J.J. Abrams para falar sobre o longa (embora o THR, como outros envolvidos na produção já fizeram também, frise que o diretor está se encontrando com todo mundo disponível): Michael Fassbender (12 Anos de Escravidão), Adam Driver (Girls) e Hugo Weaving (Matrix). Os três se juntam à uma lista enorme composta por gente como Benedict Cumberbatch (Sherlock), Saoirse Ronan (Hanna), Michael B. Jordan (Poder sem Limites), Chiwetel Ejiofor (12 Anos de Escravidão), Alex Petyffer (Eu sou o Número 4), Matt Smith (Doctor Who) e Jack O’Connell (Skins) – apenas para citar alguns.

Quem também pode ser adicionado nessa lista é Jesse Plemons, o psicótico e bizarro Todd de Breaking Bad. Segundo o The Wrap, ele deverá se encontrar essa semana com J.J. Abrams para discutir um possível papel no longa.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...