Adaptações de Onde Está o Wally? e Além da Imaginação já possuem roteiristas

  Leandro de Barros  |    sexta-feira, 02 de dezembro de 2011

Anthony Peckham deve reescrever o roteiro de Além da Imaginação para a Warner enquanto Todd Berger vai adaptar Onde Está Wally? para o MGM

Duas adaptações para o cinema de séries estabelecidas em outras mídias ganharam roteiristas hoje, pelos seus respectivos estúdios. Eu falo do filme baseado no livro de ilustrações Onde Está o Wally? e da adaptação cinematográfica da série de TV Além da Imaginação, que fez grande sucesso no crepúsculo da década de 50 e começo da de 60.

No caso do filme de Wally, o roteirista Todd Berger, que nunca escreveu nada que valha a menção além de curtas do Kung-Fu Panda e da vindoura comédia It’s a Disaster (com Julia Stiles no elenco), foi contratado para adaptar o personagem criado por Martin Handford para a telona, à mando do MGM. O projeto foi anunciado no mês passado e não é a primeira vez que Wally ameaça ir parar no cinema, já que a Universal e a Paramount já tentaram colocar o personagem para ser achado nos cinemas.

Inclusive, a versão da Paramount envolvia viagens no tempo com Wally ativando uma máquina do tempo. Nada foi dito sobre a versão da MGM ainda, mas podemos supor que se trata de um filme sobre… viagens?

Já sobre Além da Imaginação, da Warner, o roteirista Anthony Peckham está em negociações para re-escrever o roteiro de Jason Rothenberg para o filme, que é uma adaptação da já citada série de TV. O longa vai ser produzido pela empresa de Leonardo DiCaprio, a Appian Way, e dirigido por Matt Reeves (Cloverfield).

A intenção da Warner é conseguir um roteiro que consiga juntar vários elementos do universo de Além da Imaginação dentro de uma trama coesa. Peckham já trabalhou com o estúdio antes, em filmes como Sherlock Holmes e Invictus e é um bom nome para assinar o roteiro do filme.

Quando tivermos mais novidades, a gente avisa.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários