Academia retira uma indicação à Melhor Canção do Oscar 2014

Alone Yet Not Alone

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, responsável pelo Oscar, anunciou hoje a anulação de uma das indicações ao prêmio de Melhor Canção da edição desse ano do prêmio.

De acordo com a Academia, a música Alone Yet Not Alone, de Bruce Broughton e Dennis Spiegel, foi retirada da disputa pelo prêmio porque Broughton, que é ex-integrante do comitê executivo da Academia e é executivo do comitê musical da instituição, enviou e-mails para vários votantes da categoria para alertar que a sua música era elegível para o Oscar 2014 – algo que a Academia proíbe.

[quote]“Não importa o quão bem-intencionada tenha sido a comunicação. Usar sua posição para promover-se e submeter seu próprio trabalho é uma vantagem desonesta”, disse Cheryl Boone Isaacs, presidente da Academia[/quote]

A Academia também anunciou que não irá indicar uma nova canção para ocupar o lugar de Alone Yet Not Alone, ficando então apenas quatro músicas indicadas à categoria:

  • “Let it Go” – Frozen
  • “Happy” – Meu Malvado Favorito 2
  • “The Moon Song” – Ela
  • “Ordinary Love” – Mandela: Long Walk to Freedom

A entrega do Oscar 2014 vai acontecer no dia 2 de Março, com apresentação de Elles DeGeneres, em Los Angeles. Abaixo, você pode ouvir Alone Yet Not Alone:

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...