Off-Topic – Pensamentos sobre a nova geração de consoles

Jack Mankey

  sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Off-Topic – Pensamentos sobre a nova geração de consoles

No Off-Topic, as gloriosas mentes do Supernovo emprestam novamente suas embasadas opinões sobre diversos assuntos. Que proposta legal e interessante! /sarcasmo

Fala, galera!

Bem-vindos à mais uma incrível atração supernovística: o Off-Topic. Uma explicação rápida: chupinhado de algum blog por aí, o Off-Topic é um formato bem simples. Basicamente, envolve as perspicazes mentes que formam esse nobre site conversando sobre algum assunto.

Mas o BananaCast não é praticamente isso?“, pergunta o incauto Joãozinho. Antes de responder, eu gostaria de chamar a atenção de vocês à um outro fato, enquanto nosso segurança tira, discretamente, o Joãozinho da sala. Agora sim, podemos continuar.

O Off-Topic é também a transcrição de conversas que os membros do Supernovo tem por Skype, email ou algum outro meio digital, sobre qualquer assunto (relacionado ao mundo do entretenimento ou não). Porque, bem, essas mentes incríveis não conseguem conceber um mundo onde as pessoas não saibam as magníficas opiniões deles sobre tudo.

Nessa primeira edição, temos o Eder e o Leandro, esses verdadeiros magnatas da comunicação, discorrendo sobre a nova geração de consoles. Confira:

Leandro: http://supernovo.net/games/rumor-do-dia-watch-dogs-e-rainbow-6-patriots-sairao-para-wii-u/ – #CHUPASONY #NINTENDOÉAMAIOR #ITSMEMARIO #CHORASONYSTA

Edaum: Tu sabe que hashtag só funciona no twitter certo?

Leandro: Isso é o que todo sonysta diz perante a superioridade alarmante da casa do Mario

Edaum: Conversamos no dia 20.

Leandro: A pergunta sem resposta: esse PS4 sai mesmo no dia 20 ou tu acha que a Sony está trolando magistralmente o planeta?

Edaum: Cara, acredito que já está na hora de rolar um anuncio, mesmo eu querendo aproveitar meu PS3 ainda.

Leandro: Até porque, segundo a EA, seus joguinhos de PS3 só servirão para fazer arremesso de frisbee de pobre na praia quando o PS4 chegar. Nova geração sem retrocompatibilidade? Pfff, a Nintendo samba na cara dos concorrentes…

Edaum: Mas que jogo do Nintendo Wii eu vou querer jogar o WiiU? O WiiFit? Sério? De qualquer maneira acho que precisam rever isso, sem compatibilidade será problema ou então o anuncio vem dia 20 para o lançamento só acontecer ano que vem e o pessoal se preparar para comprar. Afinal não será só o console se quiser realmente se divertir.

Leandro: Eu ainda nem tô acreditando que o console será anunciado no dia 20 mesmo – apesar dos milhões de rumores e empresas dizendo que já mexem com dev kits da next-gen.

Edaum: Será que o adiamento do GTA V está relacionado à esse anuncio? Apesar que o The Last of Us vem ai e a Sony não vai sacanear os donos de PS3 anunciando a nova geração, o jogo tá sendo muito falado e aguardado.

Leandro: Não saquei a relação entre os adiamentos (The Last of Us também foi, btw) e o anuncio…

Edaum: Nem sabia do adiamento de The Last of Us =P O que quero dizer é que o adiamento do GTA V pode ser para ter a conversão para o futuro PS4 que será anunciado no dia 20 (supostamente).

Leandro: Ah, sim. Se tivermos mesmo o anúncio do PS4 no dia 20, acredito que todos esses jogos desse ano (Tomb Raider, Bioshock Infinite, The Last of Us, GTA V – olha que coincidência, TODOS adiados) sairão para o PS4 também eventualmente. Porém, ainda não comprei a ideia do PS4 sair no fim desse ano. Digo, o PS3 foi anunciado quando? 2006? O PS3 começou a ser vendido no final de 2006. Sabe quando ele REALMENTE começou a vender bem? 2009! Vamos ter uma geração de 4 anos? E quem só comprou agora? Pode até ser que anunciem o PS4 no dia 20, mas ele só deve sair no fim do ano que vem e olhe lá

Edaum: PS3 foi anunciado na E3 de 2005 e saiu em 2006. Esse fato de “e quem só comprou agora” sempre acontece. Aconteceu com o PSOne, PS2 e vai acontecer de novo. Agora, é muita coincidência como tu disse, todos os jogos importantes do ano serem adiados. Já pensou anuncio para o dia 20 e lançamento no verão?

Leandro: Isso jamais. Pode printar: se isso acontecer, eu desfilo pela cidade com a bandeira do Palmeiras amarrada no corpo e jogo no Youtube.

Edaum: Anotado. Mas o que tu acha que vai rolar no dia 20 então?

Leandro: Honestamente, não sei. Pelos rumores todos, deve ser mesmo o PS4, embora eu ainda não esteja 100% certo. Seja sincero, QUEM quer um PS4 agora? Eu, como consumidor, não quero. Eu, como mídia, posso querer pra render clique. A Sony, como desenvolvedora, não quer – o atual console tá rendendo de verdade só há 4 anos, tem lenha pra queimar. Só quem quer uma nova geração são os desenvolvedores de games, que tão engolindo más vendas porque só lançam jogos requentados – por sua vez, só lançam jogos requentados porque esperam a nova geração.

Edaum: É uma bola de neve filha da puta isso, até porque à partir do momento que rola o anuncio um game realmente best seller demora um ou dois anos para ser desenvolvido, a não ser que seja um call of Duty “requentado” como tu diz.

Leandro: Por isso que eu disse que o PS4 não sai nesse verão. Os estúdios já devem estar com os dev kits há alguns meses. Na melhor das hipóteses, eu chuto o verão europeu do ano que vem.

Edaum: Nem diria verão, normalmente os lançamentos são em Novembro. Não achas Novembro de 2014 muito longe?

Leandro: Não. O Wii U foi anunciado em meados de 2011 e só saiu no fim de 2012. Um ano e meio de espera. Mas, vamos ser sinceros, o que o PS4 vai ter pra oferecer?

Edaum: Pois é uma boa pergunta! Pelo que sabemos até o momento é o novo controle meia boca e mais poder de hardware, que é o óbvio, nesse aspecto concordo que só a Nintendo busca trazer algo realmente novo nos consoles.

Leandro: Gráficos melhores? Talvez pelo fato de eu ter crescido jogando os Nintendinho da vida, mas qual o problema com os gráficos de hoje, exatamente? E mais: como os estúdios conseguem dizer que estão “sufocados” pela atual geração? A próxima NÃO trará nenhuma grande mudança de jogabilidade. Se trouxer, tá tudo muito bem guardado e ninguém comentou nada ainda. Btw, para melhor apreciação do assunto, quando você tiver 5 minutos de coçamento escrotal: http://www.vg247.com/2013/02/15/ps4-and-xbox-720-next-gen-is-all-about-the-games/

Edaum: A industria dos games já está como a do cinema. Não sabem mais contar boas histórias e a culpa é da tecnologia.

Leandro: Deixando o lado fanboy de lado, a Nintendo evoluiu do Wii pro Wii U quando tinha algo a oferecer. O Wii U tem toda a identidade casual da Nintendo e ainda soma a potência para jogos hardcore de hoje – sem falar na tal jogabilidade assimétrica, que ninguém mais tem. Ou seja: não é um Wii melhorado, é algo novo. Até o momento, nem PS4 e nem Xbox 720 tem nada assim nos rumores. Não seria melhor ficar nessa geração mais uns aninhos? Pelo menos até eu comprar um pra mim? :P

Edaum: A única coisa que brilhou os olhos até agora foi o lance do Xbox 720 transformar o cômodo no cenário do jogo, mas não acho que seja aquela coisa que funcionará bem na primeira versão. Agora, sobre o WiiU, o problema até o momento é que estão chamando o console de nova geração, e infelizmente ainda não vimos o poder dele como nova geração (atenção que eu estou falando apenas no aspecto hardcore).

Leandro: Essa parada do projetor da Microsoft é igual o Kinect: parece bem foda na teoria, mas que jogo realmente usará a parada? Basicamente, eles estão contando que a galera vá aceitar ficar em pé o tempo todo em que joga, enquanto mais ninguém pode entrar na sala… isso sem citar o aumento horrível na conta de luz. Nesse campo, prefiro esperar a Valve desenvolver a realidade virtual daqui há 15 anos

Edaum: Mudando de pato para ganso, e o console da Valve? Não será esse na verdade a nova geração? Facilidade e fazer upgrade, seria o console o fim das “gerações”?

Leandro: Tô colocando fé na Valve também. A última novidade à respeito foi o Gabe Newell (que realmente tá investido na realidade virtual – fique de olho!) dizendo que o console deverá ter como grande atrativo o uso de informações biométricas. Sabe como o Google guarda tudo que você pesquisa pra vender anúncios mais específicos depois? É a mesma parada: eles avaliam tudo que você joga e como você joga pra então preparar os games pro seu perfil. Imagina Assassin’s Creed – se tu for mais voltado pra ação, eles já preparam o game pra um perfil que você goste mais. Se você for mais stealth, o jogo é diferente.. tem estudos até na área de geradores de jogos específicos. Basicamente, o jogo se cria sozinho e vai sendo infinito pra você, no seu estilo. O único problema é criar as vozes da parada…

Edaum: Esse lance do gerador eu dispenso, depois fica como o gerador de novelas da Globo. Acho que a industria acima de tudo precisa de games diferenciados, histórias realmente boas, acho que graficamente já chegamos a um nível muito aceitável, aliás, muito real. Qualquer melhoria é lucro e não necessidade como era em 1990. De qualquer forma, a Valve tem um projeto de console que pode chutar várias bundas e fechar empresas. Rodar o Steam na TV da sua sala e com possibilidade de upgrade se precisar para novos jogos que vão sendo lançados? É o fim dos consoles que conhecemos.

Leandro: Exato! Isso é next-gen pra mim, não um PS3 com gráficos melhorados. Eu acho que sempre podemos evoluir graficamente, sonoramente e tudo mais (lembra quando daquelas screens de Skyrim com vários mods? coisa linda), mas não é necessário pautar uma nova geração nisso. O PS3 já é o PS2 com esteróides e freio ABS…

Edaum: Um console como esse da Valve já reduz drasticamente pirataria que é o “problema” da industria de desenvolvimento e te entrega promoções, bundles e etc… Aí meu amigo, acabou mimimi e os caras vão ter que fazer coisas novas, jogos melhores, jogos diferenciados e não “requentados” como tu diz. E aí, o que esperar? Onde podemos colocar as fichinhas que nos faltam?

Leandro: Lá vem você com o assunto da pirataria de novo. Falaremos sobre outro dia. A indústria já faz jogos diferenciados – os da Nintendo. Aí os ~gamers hardcore~ ficam com “Ai, é Nintendo”, “Ai, que horrível esses gráficos”, “Ai, vou pra sauna gay abraçar o Adalberto, aquele homem lindo”… btw, alguém ainda usa fichas? :P

Edaum: LOL mas a Nintendo ainda tem aquela aspecto infantil em seus games e que é alvo de preconceito, concordo. Mas temos que lembrar que a massa gamer é hardcore. Tu acha que já chegamos no limite da “invenção” de jogos?

Leandro: Definitivamente, não. Se você for ver, vários projetos que virão para a próxima geração são fodas em termos conceituais. Dá pra se fazer muita coisa ainda. Aliás, da pra se fazer a mesma coisa, só que diferente também. Só não dá pra fazer a mesma coisa igual o tempo todo…

Edaum: É esse o caminho, fazer coisas diferentes para todos os estilos de gamers. Acho que assim como os desenvolvedores pressionam agora por uma nova geração, iniciativas como a da Valve podem pressionar de volta e vamos enfim ver algo novo, talvez até inovador. Watch Dogs é um exemplo de “inovação”, entre muitas aspas, da saturação dos jogos no mercado. A Ubisoft encontrou uma alternativa para sair do gênero FPS numa E3 recheada deles. Ok, ainda não jogamos, mas pelo que vimos dá para especular.

Leandro: Quer fechar o assunto pra ver o quão flopada será essa next-gen se a Sony anunciar um PS3 com grife dia 20? Saca só os primeiros jogos que sairiam pra parada (sem falar nos desse ano): The Witcher 3, Gran Turismo 6, Killzone 4, sequência de Beyond, Thief 4, novo Assassin’s Creed, novo Far Cry, novo Batman, novo Call of Duty, Battlefield 4, novo FIFA e Dragon Age 3. SÓ FRANQUIA ANTIGA. Cadê o papo “uma nova geração traz novas franquias”? As novas franquias vão sair – eventualmente – e os gamers vão comprar, porque foda-se, eles querem é jogar. Mas não dá pra fazer tudo isso nos consoles atuais?

Edaum: Dá. Mas você é que financia essa porra!


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários