Samurai X – O Inferno de Kyoto

Leandro de Barros

  domingo, 25 de janeiro de 2015

Samurai X – O Inferno de Kyoto

Eu sou um grande fã de Samurai X. É meu mangá favorito, minha história japonesa favorita, gosto de tudo na obra de Nobuhiro Watsuki, Adorei o primeiro filme live-action de Rurouni Kenshin porque ele se preocupou bastante em manter as coisas mais importantes, enquanto não teve problema em descartar as menos importantes. Assim, tivemos uma história com uma ação visual muito bonita e com personagens humanos, inseridos num contexto histórico cultural bem conturbado no Japão.

O segundo filme segue a mesma linha, aperfeiçoando o que deu certo antes: os personagens estão mais humanos e mais reais, os preços a pagar estão maiores e a história está dizendo mais do que “lutas de samurais” apenas. O único problema é a necessidade de entender o primeiro filme e saber que tem outro antes de tudo chegar a uma conclusão.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários