BaNaNoWriMo: 20 ideias pra você que não sabe o que escrever no NaNoWriMo

Leandro de Barros

  quarta-feira, 29 de outubro de 2014

BaNaNoWriMo: 20 ideias pra você que não sabe o que escrever no NaNoWriMo

Está com bloqueio criativo e não faz ideia do que escrever no NaNoWriMo? Não se preocupa, a gente vem em seu auxílio!

Esse artigo é parte do projeto BaNaNoWriMo, veja mais artigos e participe da brincadeira aqui.


Todo fim representa um novo começo. Exceto quando você morre, que provavelmente não terá nenhum recomeço – ou talvez tenha, eu não sei. Porém, o foco aqui é no fim dessa semana, que representará o começo do mês de Novembro.

E, com Novembro, vem o NaNoWriMo. A gente já comentou o que é o NaNoWriMo por aqui, então não vou repetir cada detalhe do projeto.

Uma das coisas que eu ouço muito de quem tem o interesse em participar do NaNoWriMo é: “mas sobre o que eu escrevo?”. Bem, sobre o que você quiser, cara-pálida.

Porém, eu entendo essa hesitação. Todos nós temos aquelas ideias incríveis na cabeça e não queremos desperdiçar essas histórias fantásticas que claramente nos darão prêmios no futuro quando efetivamente forem escritas. Então eu, uma pessoa de bom coração e de alma abençoada, resolvi ajudar bolando 20 ideias pra você escrever no NaNoWriMo.

São 20 pequenas sinopses, 15 de histórias lineares e as 5 últimos de temas para coletâneas de contos. Eu gostei tanto de algumas delas que até já estou pensando em mudar meus planos.

Segue a lista:

  1. Ex-vencedor de reality show se candidata à um cargo político federal e passa a descobrir como funciona o sistema brasileiro;
  2. No mesmo dia em que ganha na loteria, Celso descobre ter uma doença terminal;
  3. Um grupo ultra-secreto de espiões é “queimado” pelo seu governo e se vê em território inimigo sem nenhum tipo de suporte;
  4. Uma pessoa de meia-idade abandona seu emprego burocrático para se aventurar no sonho de ser um chef especializado em comida romena/estudar escorpiões/fabricar tijolos artesanais;
  5. Um bebê é escolhido como cobaia humana para testarmos a tecnologia de viagem no tempo. Porém, um erro ocorre e ele vai parar num futuro distante, onde a Humanidade já foi extinta. Depois de crescido, ele(a) viaja pro passado para conhecer a História Humana;
  6. Em um futuro cyber-punk, a Humanidade passou a utilizar de nanotecnologia e cibernética para implementar características animais em seus corpos. Porém, um grupo de hackers planeja usar esses implantes para controlar o destino do planeta;
  7. O Capitão Justiça, o super-herói vigilante de Capitópolis, é pego de surpresa numa terça-feira e se vê derrotado pelo Dr. Gruta, que passa a comandar tiranicamente a cidade. Poderá o herói encontrar o caminho da vitória novamente?;
  8. Era uma noite como outra qualquer e a Detetive Particular Malone foi pega de surpresa quando seu caso de vigilância subitamente se tornou num caso de assassinato – e o pior, com ela se tornando a principal suspeita;
  9. Um roubo de uma preciosa pintura acaba resultando numa perseguição policial e na morte do(a) vigarista. Chegando no outro mundo, o(a) criminoso(a) descobre que sua situação não está nada bonita e que só poderá ir para o céu caso volte para a Terra e ajude a vida de 7 pessoas. Mas será que há salvação pro(a) nosso(a) protagonista ou ele(a) está prestes a aplicar um golpe até mesmo no Céu?;
  10.  Um navio pirata da Era de Ouro da Pirataria se perde numa grande tempestade e vai parar na costa japonesa durante o Período Edo. Como essas duas culturas diferentes iriam interagir?;
  11. Depois da sua banda de 15 anos acabar, um rockeiro pega seu violão e decide gravar um último álbum numa turnê pelo país, gravando uma música em cada cidade;
  12. Ilhados num castelo distante durante um fim de semana para uma festa, a alta sociedade da cidade se vê envolta num misterioso caso de assassinato. Talvez o assassino pudesse até ter escapado com o crime perfeito, mas teve o azar da Detetive Particular Malone estar entre os convidados da festividade – (sim, é a mesma Malone da ideia anterior, tô tentando criar uma franquia aqui!)
  13. Enviados numa missão de exploração espacial, a tripulação da nave Gallega dá de cara com um novo e misterioso mundo;
  14. Depois de grandes e pesadas derrotas, a seleção do Brasil de futebol chega à Copa do Mundo de 2018 na posição de azarona. Mas a História mostra que é assim que o Brasil joga melhor – será que eles vão conseguir conquistar o Hexa?;
  15. Um grupo de fãs organiza uma expedição à uma convenção nos EUA que vai comemorar os 10 anos do fim da sua série de TV favorita. Cada um possui seu objetivo: descobrir a resposta do mistério não revelado, apresentar a ideia de uma continuação, conseguir o autógrafo do criador, pedir a atriz principal em casamento…
  16. O Hotel Beaune foi abrigo de várias figuras perturbadas durante seus anos de pé. Hoje, os espíritos desses hóspedes circulam pelos quartos do hotel, para desespero dos hóspedes vivos;
  17. Diversos sobreviventes tentam resistir durante o inverno num apocalipse zumbi;
  18. Um aeroporto é o palco de diversas histórias intensas: reencontros, despedidas, recomeços e finais.;
  19.  O dia a dia no escritório da Almas Gêmeas, uma rede social focada em arranjar namoros para seus usuários, envolve o monitoramento de todos os estágios do amor entre duas pessoas: o flerte inicial, o primeiro encontro, o namoro… e o fim;
  20. Malauma foi um dos primeiros guerreiros africanos, muito antes dos europeus chegarem na África. Amaldiçoado por um feiticeiro de uma tribo rival, Malauma acabou tendo sua alma presa ao espírito da guerra e reencarna vez pós vez para lutar os grandes combates da Humanidade.
"Vou anotar algumas aqui..."

“Vou anotar algumas aqui…”

“Mas, mas… eu nem sei COMO escrever essas ideias” – Amigo, você quer que eu escreva pra você? Veja bem, o truque é deixar a sua criatividade funcionar. Ela é como um músculo e precisa de treino. Basta começar a imaginar como seriam essas histórias e exercitar a cabeça.

Por exemplo, eu imaginei a 1) como uma história muito séria e a 2) como uma comédia, mas talvez elas funcionem melhor de maneiras diferentes. Eu também imaginei a 16) como contos de terror, mas e se a gente tentasse uma abordagem humorística? Enfim, experimente fazer o diferente com cada uma delas e lembre-se que o objetivo do NaNoWriMo é você escrever alguma coisa – qualquer coisa – e não se tornar um escritor profissional.

Deixa de perfeccionismo e enfie logo na cabeça que é melhor ter terminado do que ter uma folha em branco na mesa à espera da ideia perfeita.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários